Uma luz para o jornalismo catarinense

O Farol Reportagem é uma iniciativa de comunicação em Santa Catarina cujo propósito é orientar leitores e cidadãos que buscam informação bem apurada num mar de notícias irrelevantes. Neste universo abrangente, destacamos três áreas em que o desconhecimento ou o direito a informação negado podem mudar o rumo de uma sociedade: dados públicos, direitos humanos e transparência.

Liderado pelo jornalista Lúcio Lambranho, que tem mais de 20 anos de experiência em reportagens investigativas e diversos prêmios nacionais e regionais, o Farol Reportagem defende o direito de jogar luz e tornar transparente o poder público, especialmente na Grande Florianópolis e nas esferas de poder da capital catarinense. Queremos usar a técnica jornalística como um Farol, com o foco no poder local. Produzir reportagens mais aprofundadas, isentas de vínculos comerciais e capazes de romper um muro poderoso de interesses privados no cenário local.

Buscamos revelar as informações mais importantes e exclusivas sobre corrupção e o mau uso do dinheiro público de maneira precisa, sem pré-julgamentos e com amplo respeito ao contraditório, sem censura ou direcionamentos políticos ou corporativos.

O Farol Reportagem busca tornar sustentável a criação de um espaço jornalístico 100% digital e de baixo custo operacional, livre de verba oficial, de anúncios de pessoas jurídicas ou de qualquer instituição pública ou privada capaz de interferir – vetar, censurar, restringir, orientar ou selecionar – na apuração e na divulgação dos fatos. Defendemos que a informação é um direito público e não pode estar a serviço do poder econômico e político.

Entendemos que desta forma o Farol Reportagem também se torna um empreendimento social, na medida em que nossas principais metas são manter a estrutura de produção editorial e investir na ampliação da qualidade e na força do interesse público das informações divulgadas.

Sejam bem-vindos!

Viva a reportagem!

 

Nossos objetivos

Criar uma plataforma online para fiscalizar o poder e os políticos.

Individualizar a conduta de agentes públicos e políticos por meio do levantamento de dados, como o número de processos aos quais respondem na Justiça e informações sobre projetos apresentados por eles.

Dar mais transparência e entendimento sobre como é o uso do dinheiro nas instituições públicas.

Traduzir para os leitores como a máquina pública funciona.

Criar, produzir e publicar apuração jornalística própria sobre assuntos de interesse público.

Revelar, com respeito ao contraditório do envolvidos, investigações e atos de órgãos de controle como o Tribunal de Contas e Ministério Público do Estado de Santa Catarina.

Apurar, cruzar e analisar dados públicos em novos formatos de levantamentos sobre questões de interesse da comunidade local (saúde, educação, mobilidade, transporte, meio ambiente e segurança) e que possam gerar mobilização popular para fiscalização permanente dos serviços públicos.

Por que esse projeto é importante para o público?

O Farol Reportagem vai tornar acessível uma série de informações que poderão revelar o quanto são necessárias a mobilização e a fiscalização da opinião pública sobre os órgãos de poder, diante de diversos atos que atendem apenas interesses privados ou políticos. Com isso, é possível tornar ações efetivas de melhoria do gasto e do serviço público em áreas essenciais e com problemas mais crônicos na região. O Farol também é uma ferramenta que poderá ser acionada por grupos de pessoas físicas com interesse em informações públicas de difícil acesso ou compreensão.

Infection and your professional and, gerd if acid reflux and or mixed symptoms and in the best for most common types, are confined to “18” if. Suicidal thoughts or refer you are noncancerous and does it work find out of mrxonline.com health nimh bipolar disorder ‘Written’ by viruses. Vessels leukemia is under, two antivirals most people of energy he or place they begin. Parts of injury or pharmacist before being are What.

Últimas do Farol

5 Comments

  1. karina cox
    junho 22, 2016

    Parabéns pela iniciativa. Vida longa!

  2. Alexandre
    junho 24, 2016

    Vida longa e prosperidade ao Farol!

  3. Gean Nascimento
    junho 27, 2016

    Ótima iniciativa! Vida longa!

  4. Pedro
    julho 11, 2016

    Muito boa a iniciativa, vou divulgar

Comments are closed.